Loading
Busca
Editar

Editar

Contribua

 
EditarExcluir
Editar página/adicionar conteúdo
 

A Relação Entre Família e Igreja

Estudo ministrado em Escola Dominical

EditarSubirDescerExcluir
Bloco de texto
 

A RELAÇÃO ENTRE FAMÍLIA E IGREJA

Série: Palestra para pais e filhos.

Estudo ministrado em Escola Dominical na Igreja Presbiteriana Ebenézer/Sobradinho - DF.

Parte 1 - Texto: Rm.16:3-16; Josué 24:15

            Família e igreja são instituiçõesdivinas que precisam viver em perfeita integração e harmonia. Qualquerdificuldade enfrentada no lar tem seus reflexos na vida da igreja. Mas, quandohá entrosamento entre lar e igreja, há, também, crescimento espiritual nafamília e bases sólidas para vivenciar a fé no dia-a-dia. Quando, porém,família e igreja são realidades distintas, e até opostas, os problemas tomamgrandes proporções. Veremos neste estudo, o que a igreja pode fazer pelasfamílias e também quais as responsabilidades da família com relação à igreja.

 I) COMO A IGREJA PODE SERVIR ÀSFAMÍLIAS:

            O que a igreja, que é o Corpo de Cristo, pode fazer em benefício da família?:

1.1. A IGREJA LEVA A FAMÍLIA A UMA VIDA DE ADORAÇÃO A DEUS – Jo.4:23; ICo.14:26. O culto é uma rica oportunidade para a família estar junta,adorando a Deus. Adorar é expressar ao SENHOR o louvor que vem de dentro docoração, reconhecendo a soberania de Deus, refletido também em palavras e emobras, agradando-O por tudo o que Ele representa para nós. Sl. 103:1,2.

1.2. A IGREJA TEM UMA FUNÇÃO PEDAGÓGICA. Se você não frequentaassiduamente, você deixa de receber ensino. A Igreja ensina os filhos sobreDeus e acerca das grandes doutrinas das Escrituras. Os conceitos sobre Deus,pregados em nossos dias por homens que não O conhecem (veja Dt.6), são os maisvariados e absurdos. A igreja, no entanto, possui a revelação de Deusregistrada em Sua Palavra e, baseada nela, ensina quem é Deus, quem é Jesus esua relação com o homem, (Sl.113:4-7; 115; 19; João 17:3).

1.3. A IGREJA É UM AMBIENTE ONDE AS TENSÕES DA VIDA SÃO ALIVIADAS – Sl.73:17 – Pregar que Jesus alivia as cargas humanas e que dá descanso aopecador, concedendo-lhe um fardo leve, é o lema da igreja. Mt.11:28-30.

* Muitas famílias que aceitama Cristo vêm para a igreja tremendamente machucadas, desestruturadas efalidas, por vários motivos:vícios em drogas, alcoolismo, infidelidade, dívidas, enfermidades e etc. ...Contudo, Jesus lhes oferece cura e restauração pelo poder da Sua Palavra.Mt.12:18-21.

1.4. A IGREJA PROPORCIONA AMBIENTE PARA AMIZADE E COMUNHÃO – Naigreja Primitiva, o fator casaera relevante: partiam o pãode casa em casa At.2:46. E, como resultado a igreja era simpática,At.2:47. As famílias, mesmo em meio à perseguição, compreendiam o valor dessacomunhão. Por isso hoje, há a necessidade de aceitar a Cristo como Senhor eSalvador. Aceitando-O a pessoa passa a pertencer à grande família de Deus. SemJesus Cristo ocupando a direção da vida, sendo a primazia do coração, o alvoprimeiro da adoração, ninguém se torna filho de Deus, mas continua sendo apenascriatura de Deus. Só é filho de Deus aquele que crê (no sentido de entregatotal a Jesus, porque os demônios também creem, Tg.2:19, mas não são filhos deDeus) em Jesus e por um ato de fé sincera O convida a entrar em seu coração,Jo.1:12 e Mc. 10:30. A Igreja deve sempre proporcionar um melhor preparo àsfamílias, para que possam enfrentar o mundo com mais confiança em Deus,determinação e discernimento

A RELAÇÃO ENTRE FAMÍLIA E IGREJA

Parte 2- Texto: Rm.16:3-16; Josué 24:15

II) A CONTRIBUIÇÃO DA FAMÍLIA À IGREJA:

2.1. Já vimos o papel da igreja na vida da família. Agora, que pode afamília fazer pela igreja? As famílias precisam amar a igreja e cooperarpara que haja prosperidade e crescimento. Com isso crescerão juntamente. ON.T. contém alguns exemplos de famílias ativas na igreja primitiva:

1. A família de Priscila e Áquila, Rm.16:3-5a. (a Igrejaque estava em sua casa);

2. A família de Aristóbulo, Rm.16:10; de Narciso, v.11, eoutras, no v.15;

3. A casa de Maria, mãe de João Marcos era lugar dereuniões de oração, At.12:12;

4. Em Filipos, Lídia e sua família recém-convertida – At.16:14-15.

2.2. RESPONSABILIDADES DA FAMÍLIA PARACOM A IGREJA

a) Participação assídua dos cultos ereuniões, Hebreus 10:25. A frequênciaaos trabalhos resultará em crescimento espiritual, em maturidade,desenvolvimento da fé e contribuirá para o crescimento da igreja como um todo.

b) Envolvimento nos projetos daliderança – Cada pessoa que se tornafilho de Deus em Jesus, recebe do SENHOR talentos específicos e dons doEspírito para utilizá-los, visando o crescimento do Corpo de Cristo. Efésios4:11-16. Afinal, a igreja é uma comunidade que precisa contar com aparticipação de seus membros em todos os projetos de trabalho.

c) Cuidar para que haja bom testemunhopara com os parentes, levando-os ao conhecimento do SENHOR JESUS:

* Em I Pd. 3:1, as mulheres são exortadas a ganhar seus maridos sempalavras, através de um bom procedimento;

* Paulo diz ao jovem Timóteo que se lembrava de sua fé sincera, a mesmafé que sua avó Lóide e sua mãe Eunice tinham, dando-nos a entender que Timóteoseguiu o exemplo de suas progenitoras, II Tm.1:5;

* A salvação da família do carcereiro de Filipos viria através de umainiciativa dele. A seguir, todos os outros membros deram o mesmo passo,At.16:31-34.

            Qual tem sido o papel da sua família no crescimento da igreja local onde você é membro? Que contribuição você e seus filhos e familiares têm dado para o Reino de Deus?    


Almeida Revista eAtualizada


Romanos:1
6.1 Recomendo-vos anossa irmã Febe, que está servindo à igreja de Cencréia, 16.2 para que arecebais no Senhor como convém aos santos e a ajudeis em tudo que de vós vier aprecisar; porque tem sido protetora de muitos e de mim inclusive. 16.3Saudai Priscila e Áqüila, meus cooperadores em Cristo Jesus, 16.4 osquais pela minha vida arriscaram a sua própria cabeça; e isto lhes agradeço,não somente eu, mas também todas as igrejas dos gentios; 16.5 saudaiigualmente a igreja que se reúne na casa deles. Saudai meu querido Epêneto,primícias da Ásia para Cristo. 16.6 Saudai Maria, que muito trabalhou porvós. 16.7 Saudai Andrônico e Júnias, meus parentes e companheiros deprisão, os quais são notáveis entre os apóstolos e estavam em Cristo antes demim. 16.8 Saudai Amplíato, meu dileto amigo no Senhor. 16.9Saudai Urbano, que é nosso cooperador em Cristo, e também meu amado Estáquis. 16.10Saudai Apeles, aprovado em Cristo. Saudai os da casa de Aristóbulo. 16.11Saudai meu parente Herodião. Saudai os da casa de Narciso, que estão no Senhor.16.12 Saudai Trifena e Trifosa, as quais trabalhavam no Senhor. Saudai aestimada Pérside, que também muito trabalhou no Senhor. 16.13 SaudaiRufo, eleito no Senhor, e igualmente a sua mãe, que também tem sido mãe paramim. 16.14 Saudai Asíncrito, Flegonte, Hermes, Pátrobas, Hermas e osirmãos que se reúnem com eles. 16.15 Saudai Filólogo, Júlia, Nereu e suairmã, Olimpas e todos os santos que se reúnem com eles. 16.16 Saudai-vosuns aos outros com ósculo santo. Todas as igrejas de Cristo vos saúdam.

Josué 24.14 Agora, pois, temei ao SENHOR e servi-o comintegridade e com fidelidade; deitai fora os deuses aos quais serviram vossospais dalém do Eufrates e no Egito e servi ao SENHOR. 24.15 Porém, se vos parece mal servir aoSENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossospais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terrahabitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.

Façam bom proveito desse estudo.

Rev. Máximo







 
Editar