Loading
Busca
Editar

Editar

Contribua

 
EditarExcluir
Editar página/adicionar conteúdo
 

A Necessidade e as Implicações de se Ver a Deus

Pastoral - Gên.32:30

EditarSubirDescerExcluir
Bloco de texto
 

A NECESSIDADE E AS IMPLICAÇÕES

DE SE “VER A DEUS” Texto: Gênesis 32:30

Proposição: Os resultados que obtemos da nossa visão de Deus.

Introdução: Todas as pessoas desejam “Ver a Deus”, no entanto, poucos são os que de fato O vêem! Jesus fez menção a esse fato quando disse em Mateus 7:13,14: “estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela.” Noutra ocasião em Mt. 22:14, Jesus disse: “Porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos.”

À semelhança de Jacó, assim é conosco, ainda hoje. Se não passarmos por alguns lugares, jamais teremos a experiência de “Vermos a Deus”. Jacó passou por lugares que lhe trouxeram convicções sobre Deus.

A sua primeira experiência foi em:

1) BETEL – Aqui, Jacó obteve certeza quanto à PRESENÇA DIVINA – Gên.28:10-22.

- Nós também precisamos ir a Betel. A Casa de Deus; Lugar onde Deus Habita; Lugar onde Deus Fala; Lugar Onde Deus se Manifesta, Falando, instruindo e mostrando Sua vontade a Seus Filhos

A sua segunda experiência foi em:

2) MAANAIM – “O EXÉRCITO OU ACAMPAMENTO DE DEUS” – Gên.32:1,2 – Lugar onde os anjos de Deus nos vem encontrar.

- Aqui, Jacó Obteve certeza quanto ao PODER DIVINO.

- AQUI HOJE, NÃO É APENAS EBENEZER, MAS TAMBÉM MAANAIM.

- DEUS VAI OPERAR GRANDES MARAVILHAS EM NOSSO MEIO.

- ANJOS DE DEUS ESTÃO AQUI PARA NOS AJUDAR E NOS SERVIR – Hebreus 1:14.

A sua Terceira experiência foi em:

3) PENIEL – FACE DE DEUS – v. 30

- Aqui Jacó obteve certeza quanto ao FAVOR e à

COMPANHIA DIVINA – vejamos também, Êx.33:11-20 e Dt.34:10.

 

OS RESULTADOS DE TUDO ISSO ESTÁ NO FATO DE QUE

a) “VER A DEUS” – é experiência que transforma o caráter.

- Assim como Jacó teve o nome mudado (trocado) para Israel.

- Em I Jo.3:2,3 – “3.2   Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é. 3.3   E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro. João nos diz que a esperança vívida de ser no futuro como Cristo é desperta o desejo ardente de ser semelhante a Ele, AGORA - (Fp.3:21 “ o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, segundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as coisas.”) (Tt.2:12-14 – “2.12   educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos, no presente século, sensata, justa e piedosamente, 2.13   aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus, 2.14   o qual a si mesmo se deu por nós, a fim de remir-nos de toda iniquidade e purificar, para si mesmo, um povo exclusivamente seu, zeloso de boas obras.”).

OS RESULTADOS DE TUDO ISSO ESTÁ NO FATO DE QUE

b) “VER A DEUS” – Traz-nos a certeza da Graça e do poder para enfrentarmos o futuro sem que possíveis surpresas nos aterrorizem.

 

E por último, OS RESULTADOS DE TUDO ISSO ESTÁ NO FATO DE QUE

c) “VER A DEUS” – Significa a reiteração das bênçãos divinas, acarretando-nos, entretanto, novas responsabilidades – Isaias 6:7-8 – “6.7   com a brasa tocou a minha boca e disse: Eis que ela tocou os teus lábios; a tua iniquidade foi tirada, e perdoado, o teu pecado. 6.8   Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim.

- Temos o exemplo de Abrão – Abraão (pai de muitas nações);

- Temos o exemplo de Jacó que parou de enganar, mudou de vida;

- Temos o exemplo de Arão e Moisés que prontamente obedeceram a voz do Senhor;

- Temos o exemplo de Saulo em sua conversão – Paulo. At.9

- E temos o nosso próprio exemplo quando depois de termos entregue nossas vidas a Jesus Cristo, fomos e estamos sendo transformados (Romanos 6.22   Agora, porém, libertados do pecado, transformados em servos de Deus, tendes o vosso fruto para a santificação e, por fim, a vida eterna; 2 Coríntios 3.18 E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito..

leia também Ef. 2:1ss.

  Rev. Máximo Laudelino da Silva Filho.

www.reverendomaximo.com.br

Sobradinho 02 de agosto de 2015

EditarSubirDescerExcluir
Bloco de imagens com miniaturas
 






 
Editar